O que é Pecuária Sustentável?

A pecuária é uma das atividades econômicas mais rentáveis do Brasil, e, conforme o consumo de carne bovina é expandido, avançam-se os pastos, em sua maioria, localizados nas regiões Norte e Centro-Oeste. A parte ruim de tudo isso são as milhares de áreas desmatadas, desequilíbrio ambiental e geração de gases provocadores do efeito estufa, motivados pela criação de gados.
Para termos uma ideia dos danos causados pela pecuária, segue uma informação simples: Em setembro do ano passado, a Agência das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura divulgou que, 14,5% das emissões dos gases do efeito estufa têm origem na pecuária. Desses, 45% são atribuídos à produção e processamento de alimento, 39% partem da digestão dos animais e os outros 10%, ocasionados pela decomposição do estrume. O restante é resultado do processamento e transporte dos produtos animais. Os números são realmente alarmantes, por isso, chegou a hora de buscar soluções para promover uma pecuária mais sustentável.
O conceito de pecuária sustentável envolve governos, empresas, entidades privadas, ONG’s e universidade para discutir e propor novos modelos de produção. Além das questões ambientais e o aumento da demanda por carne, os desafios das mudanças climáticas também geraram forte pressão por inovações tecnológicas na área.
No Brasil, o Grupo de Trabalho da Pecuária Sustenátável (GTPS) com o apoio do Governo Federal, desenvolve estudos e ações com o objetivo de promover uma pecuária mais eficiente e com menor impacto ambiental, de forma gradual, o GTPS busca analisar os sistemas de produção, ecossistemas, legislações e realidade socioeconômicas de cada uma das zonas produtoras de carne no país, buscando soluções específicas, pois este é um trabalho delicado e de grande importância para preservação dos ecossistemas brasileiros e para a saúde de todo o planeta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *